Atributos físicos do neossolo regolítico distrófico sob pastagem submetido à colheita mecanizada da forragem e pastejo animal

  • V. N. Nascimento Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, PE
  • G. L. P. Almeida Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, PE
  • P. H. D. Batista Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, PE
  • A. S. Coutinho Universidade Federal Rural de Pernambuco, Recife, PE
Palavras-chave: compactação, infiltração, mecanização.

Resumo

O pastejo de bovinos e a utilização de máquinas em várias operações de preparo, semeadura, tratos culturais, colheita, entre outros, nos solos brasileiros tem sido apontada como a principal causa da compactação. Esse efeito reduz o crescimento e o desenvolvimento radicular, aumenta a perda de nitrogênio por desnitrificação e a erosão do solo pela menor infiltração de água. Diante disso, objetivou-se determinar e avaliar os atributos físicos e a velocidade de infiltração básica de água em um Neossolo Regolítico sob pastagem com diferentes formas de manejo (área sob pastejo extensivo e colheita mecanizada de forragem). O estudo foi conduzido na Fazenda Roçadinho, município de Capoeiras, Agreste de Pernambuco, sob pastagem com capim Búffel (Cenchrus ciliares L.) em pastejo contínuo de bovinos, com lotação média de 2 unidades animais (vacas leiteiras com peso vivo médio de 450 kg), e sob cultivo da mesma forrageira, ambos estabelecidos há mais de 5 anos, com colheita mecanizada da forragem, com a colhedora acoplada ao reboque do trator e com engate para carreta. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado, aplicando-se o teste F a 5% de significância. O pastejo contínuo ocasionou maior resistência à penetração e densidade e menor porosidade do solo em comparação à área onde é realizada a colheita mecanizada de forragem, assim como uma menor velocidade de infiltração básica do solo. O pisoteio animal causa maior compactação do solo quando comparado à colheita mecanizada de forragem, portanto, a área de pastejo extensivo apresenta maior resistência à penetração e densidade, e obtém menor porosidade total e velocidade de infiltração da água na camada superficial do solo.
Publicado
01-11-2017
Como Citar
Nascimento, V., Almeida, G., Batista, P., & Coutinho, A. (2017). Atributos físicos do neossolo regolítico distrófico sob pastagem submetido à colheita mecanizada da forragem e pastejo animal. Boletim De Indústria Animal, 74(3), 169-175. https://doi.org/10.17523/bia.v74n3p169
Seção
FORRAGICULTURA E PASTAGENS